Press Releases
print

Banco Português de Negócios do Brasil adere ao Programa Global de Financiamento do Comércio da IFC


Em São Paulo:
Karina Manasseh
Phone: +55 (11) 5185-6881
E-mail: kmanasseh@ifc.org

Miami, FL, 6 de novembro de 2007— A IFC, membro do Grupo Banco Mundial anunciou hoje que o Banco Português de Negócios do Brasil (BPN – Brasil), que já é um banco confirmador no Programa Global de Financiamento do Comércio da IFC, aderiu ao programa como banco emissor, tornando-se o segundo banco no Brasil a ser tanto Banco Confirmador como Emissor. O acordo foi assinado hoje na 41ª Assembléia Anual da Confederação de Bancos Latino-Americanos em Miami.

O BPN Brasil é um banco de porte médio cujo objetivo principal é conceder empréstimos a pequenas e médias empresas localizadas principalmente na região sudeste do país. É o oitavo banco emissor do Brasil a aderir à rede da IFC.

Carlos Catraio, o Diretor-Presidente do BPN Brasil, declarou, “A demanda de produtos de financiamento do comércio entre nossa clientela empresarial aumentou nos últimos anos devido à crescente internacionalização da economia brasileira. O programa da IFC nos ajudará a atender a esta demanda e dar acesso aos nossos clientes a mercados em desenvolvimento.”

O Programa Global de Financiamento do Comércio promove o comércio com os mercados emergentes em todo o mundo, dando apoio aos fluxos de mercadorias e serviços de e para os países em desenvolvimento. Através do programa a IFC proporciona cobertura de garantia de risco bancário em mercados emergentes, permitindo aos recebedores expandir suas operações de financiamento do comércio dentro de uma extensa rede de países e bancos e intensificar sua cobertura de financiamento do comércio.

Durante a assinatura, Atul Mehta, Diretor da IFC para a América Latina e Caribe, afirmou, “Um objetivo predominante da IFC no Brasil é apoiar as companhias voltadas à exportação e o crescimento de pequenas e médias empresas. O Programa Global de Financiamento do Comércio ajuda-nos a implantar esta estratégia.”

Este acordo permitirá ao BPN Brasil ampliar sua rede de bancos correspondentes bem como aumentar sua capacidade de proporcionar soluções comerciais eficazes ao segmento de mercado médio no Brasil.

No ano fiscal de 2007 (Junho de 2006-Julho de 2007) o Brasil recebeu o maior montante de financiamento da IFC, em dólares norte-americanos, entre os países da América Latina. Durante este período, a IFC investiu US$509 milhões em projetos do setor privado em diversas indústrias, desde comércio agrícola e transporte até fabricação e setor financeiro. O total da carteira de títulos e valores da IFC comprometido com o Brasil no final de junho de 2007 era de US$1,6 bilhões.

A estratégia da IFC no Brasil foca em projetos que promovem acesso a financiamento, incluindo micro-financiamento e desenvolvimento de mercados financeiros. A IFC também apóia companhias voltadas à exportação onde podemos ajudar a melhorar a administração empresarial e estabelecer marcas de referência ambientais e sociais, principalmente em setores sensíveis como o agronegócio. Auxiliar as companhias locais a se tornarem atores regionais ou globais é a essência da estratégia da IFC, assim como o financiamento do setor de infra-estrutura, principalmente os portos, energia, ferrovias e rodovias. A IFC continuará a trabalhar a fim de promover práticas sustentáveis no setor privado no Brasil.

Sobre a IFC
A IFC, membro do Grupo Banco Mundial, fomenta o crescimento econômico sustentável nos países em desenvolvimento, financiando investimentos do setor privado, mobilizando capital privado em mercados financeiros locais e internacionais e proporcionando serviços de consultoria e gestão de riscos para empresas e governos. A visão da IFC é fazer com que os pobres tenham a oportunidade de sair da pobreza e melhorar sua vida. No ano fiscal de 2007 a IFC consignou US$8,2 bilhões e mobilizou mais US$3,9 bilhões através de participações em empréstimos e financiamento estruturado para 299 investimentos em 69 países em desenvolvimento. A IFC também proporcionou serviços de consultoria em 97 países. Para maiores informações, visite www.ifc.org.

O Programa Global de Financiamento do Comércio da IFC
Desde o lançamento do Programa Global de Financiamento do Comércio na América Latina e no Caribe em fevereiro de 2006, a IFC já emitiu U$$405 milhões em garantias em oito paises: Argentina, Bolívia, Brasil, República Dominicana, Equador, Haiti, México, e Uruguai. O Brasil conta com o maior volume, primariamente para financiamento pré-exportação. O volume da Argentina está em segundo lugar. Mais de 50% das garantias emitidas beneficiaram pequenas e médias empresas e apoiaram os fluxos inter-regionais de comércio entre os mercados das nações emergentes. As principais indústrias beneficiadas incluem comércio agrícola, automotiva, bens de consumo, bens industriais, mercadorias primárias, petróleo e gás, telecomunicações e têxteis. Para maiores informações, visite www.ifc.org/gtfp.